Abertas as inscrições da Pós-graduação em Docência para professores de todo o SENAI

O SENAI CETIQT está com inscrições abertas para a pós-graduação em Docência na Educação Profissional e Tecnológica, até o dia 14/09. O curso de especialização é totalmente on-line e voltado para professores que desejam aprimorar as práticas pedagógicas, com foco na Metodologia SENAI de Educação Profissional.

Quem pode se inscrever

Docentes do SENAI graduados em nível superior que tenham:

– Disponibilidade de 10h semanais
– Conhecimentos básicos de informática e acesso à internet
– Disponibilidade de um dia para apresentar o TCC do curso presencialmente no Rio de Janeiro (SENAI CETIQT)

As inscrições podem ser realizadas on-line, no site do SENAI CETIQT.

Para mais informações, acesse o edital do processo seletivo.

Participe da Corrida do Conhecimento: faça cursos gratuitos a distância e ainda concorra a prêmios!

A Corrida do Conhecimento é uma iniciativa do SENAI CETIQT que promove cursos livres e gratuitos a distância, que são feitos de forma autoexplicativa. Ou seja, você pode realizar as atividades no seu próprio tempo e ritmo, sem precisar da presença de professores ou tutores.

Você pode fazer quantos cursos quiser e ainda concorrer a prêmios como notebooks, tablets e smartphones (saiba mais no edital da Corrida do Conhecimento). São mais de 20 cursos a distância nas áreas de:

  • Vestuário
  • Fibras têxteis
  • Gestão de pessoas
  • Competências transversais

Para se inscrever e conferir todos os cursos disponíveis, acesse o nosso Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Quem pode participar

Interessados nos cursos a distância que:

  • Estejam cursando no mínimo o 6º ano do ensino fundamental.
  • Tenham idade mínima de 14 anos até a data do início do curso.

Como se inscrever

  1. Faça o seu cadastro no Ambiente Virtual de Aprendizagem até o dia 30/09/2018;
  2. Confirme seu cadastro através do link  que chegará no seu seu e-mail;
  3. Escolha o curso desejado e matricule-se;
  4. Inicie o curso e fique atento ao prazo máximo de conclusão do mesmo.

Premiação

Serão premiados cinco alunos participantes dos cursos que concluírem com aproveitamento o maior número de cursos livres até o dia 08/11/2018. Confira as regras gerais da premiação no edital da Corrida do Conhecimento.

 

Participe da Campanha Vestibular 2018 SENAI CETIQT e ganhe isenção em até 3 mensalidades

Você indica um amigo para fazer um curso de graduação e não paga uma mensalidade do seu curso. E adivinha? Se você indicar 2 amigos, não vai pagar 03 mensalidades. A gente sabe que você consegue indicar muito mais, mas só cabem 30 alunos por sala. Então, aproveite para estudar no SENAI CETIQT com que você gosta e ainda ficar de boas por uns meses.

Quem pode participar?

Alunos dos cursos técnicos e da graduação, que possuam vínculo ativo e regular com a Instituição, que indicarem novos alunos para matrícula nos cursos de graduação do vestibular 2018.2 da Faculdade SENAI CETIQT.

Critérios e Regras para premiação:

    • Estar regularmente matriculado em um dos cursos técnicos ou cursos de graduação do SENAI CETIQT.
    • Atender a um dos itens a seguir:
      • Indicação de 01 pessoa efetivamente matriculada em um curso de graduação do SENAI CETIQT: isenção em 02 mensalidades;
      • Indicação de 02 pessoas matriculadas em um curso de graduação do SENAI CETIQT: isenção em 03 mensalidades.

Importante:

  • Para os fins desta campanha, considera-se o aluno efetivamente matriculado somente após o pagamento da segunda mensalidade;
  • A campanha está desvinculada da Política de Bolsas do SENAI CETIQT, sendo que este benefício substitui provisoriamente os descontos concedidos em contrato;
  • Após o período de isenção concedido nas regras desta campanha, volta a valer concessão de benefício valido em contrato vigente do aluno;
  • É vedada a acumulação dos incentivos previstos nesta campanha com outro benefício concedido pelo SENAI CETIQT.

Os alunos só poderão ser premiados por sua participação desde que obedeçam aos critérios e regras desta Campanha.

 

Para ajudar, você pode usar algumas imagens:

Comitê Técnico Consultivo do ISI em Biossintéticos se reúne no SENAI CETIQT

O Comitê Técnico Consultivo do ISI em Biossintéticos, criado em 2017 após um ano de operação do instituto, tem como principal objetivo ampliar as possibilidades de cooperação e de integração entre o Instituto SENAI de Inovação (ISI) com o segmento produtivo, a academia e instituições governamentais. No último encontro, realizado no dia 17 de abril, foram discutidas as estratégias comercias do ISI em Biossintéticos do SENAI CETIQT, seus desafios futuros e a mudança para o parque tecnológico na Ilha do Fundão, marcada para 2019.

O Comitê é presidido por Fernando Figueiredo, presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM). A associação, que foi demandante da criação do ISI em Biossintéticos e participou da reestruturação do curso de Engenharia Química do SENAI CETIQT, realizou a reunião mensal de seu Conselho Diretivo também na Unidade Riachuelo, no dia 25 de abril. A motivação foi a participação do CETIQT em diversos projetos relacionados à Educação e Inovação voltados para a indústria brasileira.

Integram ainda o Comitê Técnico Consultivo, por parte do setor produtivo, representantes da BRASKEM, OXITENO, SOLVAY, ELEKEIROZ e BUCKMAN; por parte da academia representantes da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), da Universidade Técnica de Delft (TU DELFT – NL); e por parte do Governo representantes do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e BNDES.

Dessa forma, o Comitê visa promover a aproximação e a interlocução entre os principais públicos estratégicos do Sistema de Inovação Brasileiro, além de proporcionar um fórum de discussões para auxiliar seus participantes quanto ao seu desempenho e posicionamento mercadológico. O propósito que se pretende alcançar é o de crescimento contínuo e estabilização do negócio de pesquisa aplicada e inovação na área de biotecnologia, química e fibras no Brasil.

Participe do debate com os principais atores da Indústria 4.0 e da biotecnologia industrial

Compreenda o cenário mundial e as perspectivas para a indústria brasileira

A indústria 4.0 pode ser considerada como uma convergência de tecnologias disruptivas que irá mudar o modelo industrial para um novo patamar. Para discutir como a biotecnologia está inserida na nova revolução industrial e como ela é impactada pela mesma, o Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos do SENAI CETIQT e o SENAI Departamento Nacional realizam o Seminário Biotecnologia 4.0, na sede da CNI em São Paulo, no dia 11 de maio.

Com o apoio da Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial – ABBI, o evento terá a participação dos principais players industriais e líderes do governo na área. Bernardo Silva, Presidente Executivo da ABBI, Diego Cardoso, Gerente de Novos Negócios em bioprodutos da DSM, Marcelo do Amaral, CEO da Globalyeast, e Mateus Lopes, Gerente de Inovação em Renováveis da Braskem são alguns dos nomes confirmados que trarão exemplos de como a biotecnologia industrial está sendo impactada e impactando a indústria 4.0.

Temas como simulação e conexão serão abordados através do debate com exemplos na pesquisa e na manufatura: como novos sensores, equipamentos e inteligência artificial aplicada à pesquisa garantem o avanço na biotecnologia; automação, big data, análise e controle avançado de processos e a IoT impactam na forma de trabalho e na comunicação na cadeia industrial.

Outro importante tema que será tratado é a política pública RenovaBio e como ela poderá impactar os investimentos e a competitividade do setor de biocombustíveis. O Diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética – EPE, irá apresentar os avanços no desenho dos modelos que irão regular esta política.

Por fim, representantes do MDIC, MMA e MCTIC também trarão suas reflexões sobre o tema, diagnóstico no Brasil, e discutirão como podemos construir uma visão brasileira de biotecnologia 4.0. São eles: Fábio Larotonda, Diretor do Departamento de Políticas e Programas de Desenvolvimento do MCTIC; Luciano Cunha de Sousa, Coordenador de Novos Negócios, e Rafael Moreira, Assessor Especial, ambos do MDIC do MDIC; e Rafael Marques, Diretor de Apoio ao Conselho de Gestão do Patrimônio Genético do MMA.

O evento é gratuito, porém o número de vagas é limitado.